[Projeto] Livro Infanto Juvenil


Sinopse

Um jovem que cresceu em meio a tecnologia, vivendo no mundo dos computadores trabalha para o governo como um haker, neste trabalho conhece uma garota, uma linda garota ao qual se apaixona, e em seu trabalho de buscar falha na segurança dos sistema do próprio governo descobre algo que pode vir a acabar com a liberdade de todo o povo e junto com sua grande paixão irá iniciar uma batalha digital para salvar a liberdade de todos, mas agora ele não pode contar com seu próprio país.



Capítulo 1

O ínicio

 Athus era um menino normal como todos os outros, nascido em uma pequena cidade do interior, brincava na rua, se sujava, fazia tudo que era direito para uma garoto de sua idade, até que um belo dia  seu pai com muito sacifício o comprou um computador, pois a informática estava começando a surgir e a dominar todas as áreas...
Foi ai que deu ínicio a vida de Athus através das máquinas digitais, na época ele tinha apenas 14 anos mas ja fuçava em tudo que aquela máquina podia lhe proporcionar, mesmo apesar de nunca ter tido aulas do tipo ja estava cada vez mais profissional no ramo.
 Seu contato na web no entanto se deu 2 anos mais tarde, quando em sua cidade apareceu a famosa internet discada, junto com um amigo também ja envolvido com a internet foram convidados a efetuar testes no provedor da cidade, ambos ja eram conhecidos.
 Bom com o passar dos anos Athus foi ficando cada vez mais envolvido com rede mundial, aquilo passou se a tornar um vicio e o que deixava excitado era efetuar procedimentos ilegais com invasão, vírus etc... seu lado criminoso começou a aparecer juntamente com seu vasto conhecimento no assunto.
 Em um dia normal navegando na rede ele criou um vírus que afetava toda a comunicação militar do país, deixava-os em pane total, ainda não havia criado nada de tamanha grandeza, e ficou com uma grande dúvida se executaria ou não sua criação, foi então que pensou "não me matei para criar isso para deixar guardado". Então decidiu executar e durante 22h57m toda a rede militar do país ficou sem contato, tudo provocado por um jovem agora ja com seus 21 anos em seu apartamento.
 Mas esse ataque foi pesado de mais e, por mais fraco que a polícia digital fosse tinham meios de detectar a origem do ataque, principalmente envolvendo pane total incluido telefones, rádio...
 ------
 De manhã Athus houve o bater da porta:
 - Qum é?
 - É a policia, você tem 5 segundos para abrir a porta se nao arrombamos..
 - Porque o que fiz?
 - Rápido 4 (contando)
 Athus desesperado, pois ainda não tinha noção do que poderia ter provocado, com muito medo decide correr para a escada de incêndios... mas ve la embaixo 2 viaturas da policia digital...
- droga, o que faço agora...
Neste momento escuta sua porta ser arrombada e cerca de 5 homens fardados com fuzil na mão entrando em seu apartamento...
- Deita no chão agora...
Athus sem exitar deita no chão... e lamenta o fato de ter se mudado pra capital e saido da casa dos seus pais no interior, pois na hora do aperto a primeira coisa que pensou foi em sua família.
Sua mão foi amarrada pelo policial, e junto com seu computador foi levado para viatura e depois de jogado no camburão, não sabia para onde estava indo...

Capítulo 2

o interrogatório


Athus estava em uma salinha de interrogatorio, suando frio, quando escuta um homem entrar na sala:
- Olá Meu jovem, como está...
Athus continua calado
- O gato comeu sua língua
e ainda calado..
- Abre essa boca seu muleque (o homem aos berros)
- Tu Tu Tudo Bem! 
- Ah ta com medinho ta?
- Sim senhor, não fiz nada
- Não meu jovem você não fez nada, apenas deixou um país desprotegido por quase 24h e acha que não iriamos te achar?
- Do que está falando?
o Homem ao ouvir as ultiamas palavras de Athus levanta a mão como quem irá o esbofetiar, mas nisso entra outros dois homens de sobretudo preto, estes não pareciam da polícia, pelo menos não a que havia o prendido.
- Capitão saia da sala - diz um dos homens ao policial com a mão pronta para soltar um tapa.
- Qum são vocês?
- Não interessa sai da sala agora..
- Tão pensando que são quem aqui no meu distrito?
Um dos homens então tira seu distintivo quase que instantaneamente o capitão pede desculpas e sai da sala do interrogatório.

Aproximando de Athus um deles exibindo uma careca que refletia diz:
-  Olá jovem, como está?
- Como acha que estou amarrado e sem saber o que esta acontecendo,
- Calma, Calma
O Homem levanta-se e desamarra-o da cadeira:
- Pronto, esta livre agora.
-  Livre???
- Quer dizer mais ou menos, na verdade meu rapaz você provocou um grande prejuízo ao país e nós estamos aqui enviados diretamente pelo presidente.
O outro homem de sobretudo que até agora permanecia calado continua:
- O negócio é o seguinte Athus, você agora irá trabalhar diretamente para o presidente, defendendo o país de possíveios ataques. você estará acima dessa polícia digital incopentente.
- Como assim?
- Precisamos de alguém capaz de manipular os computadores com extrema facilidade, e na verdade ao provocar esse ataque tão grave, par anõs na verdade você apenas assinou o curriculum que precisavamos.
- E se eu recusar?
- Provalvemente ficará preso por 30 anos e ainda quando sair ou se sair nao poderá tocar em um computador.
Aquelas palavras no ouvido de Athus doeram, 30 anos preso até vai, mas nunca mais relar em um computador é demais.
- OK eu aceito, não tenho alternativas mesmo.

Capítulo 3

A selva dos poderosos


     Athus arrumou suas malas e partia então para uma capital ainda maior, a capital do país, telefonou para sua família dizendo que havia recebido uma ótima proposta e estava seguindo para lá...
    Ao chegar no imenso palácio do governo, sentiu um certo arrepio tomar conta, que aumentava cada vez mais quando passava pelos enormes corredores do palácio, ainda sentia que tudo estava muito estranho, mas logo foi encaminhado ao salão principal onde se encontrava o presidente:
    - Bom dia meu jovem
    - Bom dia Sr. Presidente
    - Bom com certeza está aqui por ser uma dos maiores especialistas em computadores e internet de nosso país, apesar de não ser o único, estamos recrutando todos os jovens que se mostrem capaz o suficiente de atingir nossos objetivos e, você é um dos melhores... saiba que tudo que ocorrer nas linhas digitais de nosso país é análisado por nós, principalmente aquilo que é de nosso interesse...
    - Mas senhor presidente, quais são os objetivos? o que terei de fazer?
    - Com o tempo saberá meu caro. - Wiliam, por favor mostre o restante do palácio ao jovem e seu novo local de trabalho. (virando-se par ao jovem) - Desculpe não perguntei sue nome.
    - É Athus senhor.
    - O mosqueteiro?
    - Sim.
    - Certo! bom vão, ainda temos muito trabalho pela frente.
    Ao voltar aos enormes corredores do palácio wiliam  que o guiava decidiu leva-lo ao seu dormitório, que ficava no próprio palácio na área da guarda nacional.
    - Onde estamos indo?
    - Você agora vai descançar?
    - Mas não é para conhcer o restante da galera?
    - Fique tranquilo meu jovem, relaxe que o trabalho duro esta cada vez mais próximo.