segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Gestão Ambiental




A Gestão ambiental nas organizações é muito mais do que simplesmente dizer que a empresa ajuda a preservar a natureza, a idéia de rentabilizar a companhia mas conservando o meio ambiente deve estar intrisica em toda parte e departamento, por isso nunca é viável criar um departamento de gestão ambiental, isso não existe pois se assim fosse todo o resto da organização teria o pensamento de que a responsabilidade ambiental era de responsabilidade do departamento de gestão ambiental quando na verdade deve ser de responsabilidade de todos desde o presidente até o ponto mais baixo da pirâmide.
Embora o que normalmente acontece é que a empresa planta algumas árvores e se diz uma empresa com “Responsabilidade Ambiental”, porém mesmo que uma empresa compense todo CO2 (Gás responsável pelo aumento do buraco na camada de ozonio) que emite plantando e reflorestando ainda assim não trata-se de uma gestão com preocupação com meio ambiente, pois para isso toda relação de responsabilidade com o que será deixado para futuras gerações em matéria de recursos naturais deve estar na produção e somente utilizado a “compensação” com o que for realmente impossível evitar.
Como na administração cientifica onde existe diversas siglas como, 4 p´s de marketing, Analise SWOT, fofa e outras variações, para uma verdadeira gestão ambiental também temos os 3 R´s com relação aos recursos naturais que significam: Racionar, Reutilizar e Reciclar, necessariamente nesta ordem, isso porque reciclar também envolve um processo industrial que de uma forma ou de outra acaba gerando também algum tipo de poluição, a partir do momento que definimos como poluição qualquer sobra de material ou energia deixado no meio ambiente após algum processo.
A Definição de Gestão Ambiental proposta por Barbieri é:
        “Os termos administração, gestão do meio ambiente, ou simplesmente gestão ambiental serão aqui entendidos como as diretrizes e as atividades administrativas e operacionais, tais como, planejamento, direção, controle, alocação de recursos e outras realizadas com o objetivo de obter efeitos positivos sobre o meio ambiente, quer reduzindo ou eliminando os danos ou problemas causados pelas ações humanas, quer evitando que eles surjam.” (BARBIERI, José Carlos. GESTÃO AMBIENTAL EMPRESARIAL – Conceitos Modelos e Instrumentos)
Para que seja respeitado o que esta nas constituição federal:
Constituição Federal - Art. 225. Todos têm direito ao meio
ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum
do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se
ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações.”
Além das empresas, todos devem ter em mente a importância dos recursos naturais para esta e para futuras gerações, na verdade não somente ter em mente a importância mas passar a organizar a rotina do dia a dia de uma forma ambientalmente sustentavel.
As organizações precisam iniciar o pensamento ambientalmente correto cumprindo o minimo que esta na lei, mas para termos efetivamente o desenvolvimento sustentável muito mais do que esta na lei deve ser aplicado. 
Postar um comentário